Quais são os tipos de EPI e EPC?

Segurança nunca é demais, independentemente da esfera social. No ambiente de trabalho, também. É importante manter o ambiente conforme normas e regras de segurança.

Os equipamentos de proteção, tanto individuais quanto coletivo, são obrigatórios em ambientes que ofereçam risco à vida do colaborador. Antes de explicarmos quais são os tipos de EPI e EPC, é importante destacar a importância de cada um.

A proatividade do empregado em exigir que todo o suporte necessário seja oferecido pelo empregador também é uma peça chave para que não seja colocada em risco a vida não apenas do empregado, mas também do coletivo. Um descuido pode ocasionar uma situação fatal.

Os Equipamentos de Proteção Individual visa manter a segurança do trabalhador, individual. Já os Equipamentos de Proteção Coletiva são para o ambiente em que esses trabalhadores atuam, lembrando que um não exclui o outro, eles se complementam!

Oferecer todo o equipamento necessário é obrigatório por lei. O Ministério do Trabalho e Previdência instituiu uma série da Normas Regulamentadoras e a número 6 aborda exatamente o tema deste texto.

De acordo com o site do Ministério do Trabalho e Previdência, a NR-06, é norma especial, posto que regulamenta a execução do trabalho com uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), sem estar condicionada a setores ou atividades econômicas específicas.

Alguns dos itens que englobam os EPIs são: abafadores de ruídos ou protetores auriculares, máscaras, óculos, capacetes, luvas, botas e cintos de segurança. Proteção ao empregador da cabeça aos pés, lembrando que além de fornecer os equipamentos, é necessário fiscalizar!

Já os EPCs englobam itens sistemáticos, que, de primeira vista podem parecer “óbvios” mas que fazem uma grande diferença para os trabalhadores. Placas e cones de sinalização, sistema de ventilação e exaustão, sistema de alarmes, proteção contra ruídos e vibrações, são alguns dos exemplos.

Sempre importante lembrar de fornecer todo equipamento necessário, se atentando à qualidade do produto, é um ponto muito importante, mas principalmente fiscalizar o uso destes equipamentos.

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter:

Pular para o conteúdo