Qual o melhor tema para DDS?

No universo do Diálogo Diário de Segurança (DDS), a escolha do tema certo pode fazer toda a diferença. Neste artigo, Paulo Leal, especialista em Segurança do Trabalho, compartilha insights valiosos sobre como selecionar o melhor tema para o seu DDS.

Paulo destaca a importância do DDS como um momento de diálogo essencial para discutir saúde e segurança no trabalho. Ele ressalta as letras que compõem o DDS – D, de Diálogo; D, de Diário; e S, de Segurança – e como cada uma é crucial para a eficácia do DDS.

Por meio de exemplos práticos, ele demonstra como um DDS bem conduzido pode prevenir acidentes. Paulo também destaca a importância de abordar temas relevantes e impactantes no DDS.

Para um DDS eficaz, ele sugere uma abordagem simples, com 10 pontos-chave a serem abordados. Desde a descrição da atividade até a verificação da saúde dos trabalhadores, esses pontos são essenciais para manter a segurança no ambiente de trabalho.

Antes de escolher um tema da moda, reflita: qual é o melhor DDS para a sua organização? Descubra com Paulo Leal como aprimorar o seu Diálogo Diário de Segurança e promover um ambiente de trabalho mais seguro. Vamos entender melhor?! Boa leitura!

O MELHOR DDS PARA SUA ORGANIZAÇÃO

O cardápio que nos deparamos na internet é bem vasto e oferece diversas formas e modelos de DDS para serem aplicados ou até para venda. Por exemplo apresentamos algumas ofertas:

  • Temas prontos para para DDS.
  • Temas de DDS atuais.
  • 100 DDS prontos.
  • Fórmula secreta para o DDS de sucesso.
  • Como escolher temas para DDS.
  • Como fazer um DDS eficaz?

O DDS – Diálogo Diário de Segurança ou também conhecido por outros nomes de acordo com a política da organização em muitas condições de trabalho é aplicado aos trabalhadores na busca de passar informações e orientações, certo?

Mas o que é o DDS?

Trata-se, de forma geral, de uma conversa entre lideranças e trabalhadores para discutir sobre preocupações, riscos e procedimentos referentes à saúde e segurança no trabalho.

Ao abrimos mais o conceito do DDS temos inicialmente na primeira letra D = Diálogo, então o diálogo é uma conversa entre duas ou mais pessoas onde deverá sempre ocorrer uma troca de ideias para se chegar a um bom entendimento referente a um ou mais assuntos ou temas, correto?

A segunda letra D = Diário, entende-se que deve ser realizado diariamente no ambiente de trabalho sempre antes da realização das atividades, OK?

A terceira letra S = Segurança, nos deixa claro que toda a conversa, assuntos e temas diários devem ser relacionados à segurança, onde daí vem uma conotação bem importante e complementar, a segurança deve estar relacionada as atividades envolvendo todos os trabalhadores.

Mas vamos simular uma condição de DSS em uma obra civil de escavação a ser realizada por 10 trabalhadores.

Vem o Técnico em Segurança do Trabalho, como já de costume, sempre pronto para dar início ao DDS e ainda neste dia teremos a participação também do Engenheiro de Segurança do Trabalho da Obra.

— Bom dia pessoal!
— Hoje em nosso DDS estaremos falando sobre a onde de Dengue que estamos tendo na região.
— É importante que todos fiquem atentos e procurem manter os locais limpos e sem poças de água para que não haja a proliferação do mosquito da dengue. — Temos informações que já foram registrados mais de 50 casos próximos a nossa obra.
— É muito importante que todos fiquem atentos, ok?
— Alguém gostaria de falar alguma coisa?
— Opa! O seu Tião tem algo a nos falar.
— Pessoal esse tal de mosquito da Dengue que está andando por aí é muito perigoso e inclusive já fiquei sabendo que em minha casa, um de meus filhos está com a Dengue.
— Há, e tem mais, parece que aqui perto já tem gente doente pelo que já me falaram.
— Obrigado seu Tião, sua fala foi muito importante.
— O Engenheiro de Segurança do Trabalho pede a fala e reforça tudo que foi apresentado, agradecendo a participação de todos.
— Pessoal, alguém mais tem algo para falar, pergunta o TST?
— Bem, como não há mais ninguém, podemos dar as mãos e fazer a nossa oração diária.

Terminado o DDS todos vão para a frente de trabalho bem informados, ok? Será?

O Técnico em Segurança do Trabalho conversa com o Engenheiro de Segurança do Trabalho da Obra que o tema de amanhã será sobre o “uso de EPI na atividade de trabalho”.

Passado algumas horas de trabalho ocorre um desbarrancamento na escavação soterrando 3 trabalhadores, inclusive um deles é o seu Tião.

Deixaremos o resultado do soterramento para ser desdobrado conforme a imaginação de cada leitor deste artigo, pois o mais importante que deveria ser tratado no DDS não foi, adivinha?

Se você respondeu que “deveria ser sobre a atividade a ser realizada no dia”, parabéns, acertou!

Vejamos então onde está toda a problemática que envolve os temas a serem tratados em um DDS.

Ao lidarmos, independentemente do segmento de uma organização, qual seria o melhor tema a ser discutido em um DDS?

Vou aqui elencar uma rotina bem simples e dinâmica para isso.

  1. Independente do setor ou posto de trabalho, a primeira informação a ser tratada é, qual a atividade que estaremos realizando hoje?
  2. Como esta atividade deverá ser realizada?
  3. Que equipamentos e/ou ferramentas estarão sendo utilizadas e que as estará utilizando?
  4. Quais os pontos críticos desta atividade? E se há pontos de alto ou médio risco?
  5. Quais são os riscos ocupacionais existentes na realização da atividade?
  6. Qual é a percepção de risco dos trabalhadores envolvidos?
  7. Quais são as medidas de segurança existentes?
  8. Quais outras situações podem interferir direta ou indiretamente na atividade?
  9. Todos os trabalhadores estão bem fisicamente, mentalmente e com saúde, ou seja, não há queixas?
  10. A mão de obra é suficiente, bem como os recursos necessários?

Todas essas informações já deveriam estar de conhecimento do TST e do encarregado e serem repassadas aos trabalhadores, principalmente e se a mesma estará sendo realizada pela primeira vez e nos dias seguintes serem reforçadas no DDS.

Voltemos então ao nosso acidente. Será que haveria possibilidade de uma ocorrência se o DDS tivesse a abordagem referente aos 10 itens que apresentamos?

Será que, com a participação diária de todos os trabalhadores na discussão deste DDS, ou seja, haver realmente o “Diálogo” envolvendo todos e não alguns somente para se manifestar, o nível de informação e de segurança evitaria o acidente?

Mas vejamos outro ponto, o tema sobre a Dengue acaba sendo também importante neste contexto, desde que fosse a última informação a ser repassada para todos os trabalhadores, então fica uma simples pergunta.

“Qual o melhor DDS para a sua organização?”

“Estou pronto! Estou pronto! Estou pronto!
Bob Esponja

Bob Esponja Calça Quadrada é uma série de
animação americana, criada pelo biólogo marinho e
animador Stephen Hillenburg, sendo produzida e exibida
pelo canal Nickelodeon.

Os artigos reproduzidos neste blog refletem única e exclusivamente a opinião e análise de seus autores. Não se trata de conteúdo produzido pela RSData, não representando, desta forma, a opinião legal da empresa.

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter:

Pular para o conteúdo