Qual a importância do monitoramento da SSO?

SSO no Brasil – Uma nova Realidade.  Uma nova Relação

Vivemos e aprendemos ininterruptamente. Neste cenário de tantas transformações é impensável estagnar. É absolutamente “insano” continuar a fazer sempre do mesmo jeito e esperar colher resultados diferentes. O nível critério de exigência para a Segurança e Saúde Ocupacional subiu. A régua é outra. Nossa realidade é incontestável. Precisa-se “maturidade”. Remunera-se bem.

A maturidade requer convencimento. Ninguém em sã consciência troca 6 (seis) por meia dúzia. É necessário motivos para a ação = motivação. Fazer escolhas, requer renúncias.  Para renunciar tantos outros caminhos, preciso de elementos de convicções e razões de convencimento para a assertiva tomada de decisão. Ela virá conscientemente quando o indivíduo estiver convencido dos ganhos representados pela sua decisão. Ninguém nasce para perder; Nascemos para vencer, ganhar. Quando decidimos, este é o propósito.

Mas em Segurança e Saúde Ocupacional, esta é uma questão inegociável. O nosso maior patrimônio SSO não tem preço; tem valor.  Preservar e proteger este patrimônio é uma necessidade para todas as partes envolvidas – Empregador – Trabalhador – Governo e Sociedade. Então, a “maturidade em Segurança e Saúde Ocupacional a ser conquistada em todas as Organizações sob pena de declaração da “autofagia” – processo melancólico da autodestruição / extinção do negócio.

Conforme o acima exposto, descortina-se um novo tempo. A relação “GANHA GANHA” deixa de ser um desejo, uma aspiração. É realidade onde todos, absolutamente todos contribuem e, todos ganham.

O Empregador precisa pessoas saudáveis e seguras. Preparadas, proativas, comprometidas e conscientes da importância de sua contribuição através de suas habilidades e competências como força de impulsão para a prosperidade coletiva e a consecução do objetivo corporativo;

O Trabalhador consciente, convencido que seu maior patrimônio é a Segurança e a Saúde como força de trabalho. Que na “relação ganha x ganha” em que ninguém perde; mas todos ganham exige sua ativa participação permanente nesta construção;

O Governo como gestor público arrecada tributos com justiça social dentro da legalidade e dos princípios da administração pública, fiscalizando e aplicando recursos corretamente. Estimulando a competitividade com aumento de emprego e renda e o desenvolvimento sustentável.

A Sociedade como grande beneficiária do desenvolvimento sustentável, saudável e segura, usufrui dos elevados padrões de excelência e qualidade de vida de forma robusta, sólida e inequívoca.

Surge então a “maturidade em Segurança e saúde Ocupacional”, negando a autofagia, gerando e consolidando benefícios, entregando mais, melhor e para todos!

Os artigos reproduzidos neste blog refletem única e exclusivamente a opinião e análise de seus autores. Não se trata de conteúdo produzido pela RSData, não representando, desta forma, a opinião legal da empresa.

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter: