Porque ocorre o acidente de trabalho

NR 4

A gente não erra porque quer. É fato, a gente não se acidenta porque quer. O acidente ou a doença de trabalho acontece em virtude de erros. Exatamente, erros no plural. Não acontece por fato ou erro isolado, mas sim, pela somatória de erros que deixam de ser percebido pela vítima e outros que orbitam a sua volta.
O acidente ou a doença do trabalho pode e deve ser evitado. Trata-se de direito indisponível. Aquele que gera o risco (exposição ao perigo), responsável é, pela sua neutralização e/ou eliminação.
É inconcebível, inaceitável que o cidadão brasileiro em seu legítimo direito de trabalho, segurança, saúde e à vida encontre exatamente no e pelo trabalho o adoecimento e a morte!
Estima-se (CANPAT/MTP 2022) que, anualmente, em torno de 4% do PIB nacional – aproximadamente R$ 320 milhões seja gasto com acidentes, adoecimento e mortes provocadas pelo acidente de trabalho.
Absolutamente nada se justifica, sob nenhuma hipótese colocar em risco o cidadão no exercício do trabalho. “Nenhuma atividade econômica se justifica, se ela deixar de atender as necessidades sociais de proteção à integridade física, à saúde ou a vida daquele que produz“.
A vida é o maior patrimônio. Acidentes não acontecem por acaso. Eles são provocados. Provocados pela ausência de capacidade ou interesse na percepção dos riscos. Diversos são os fatores que podem interferir nesta capacidade de percepção, análise e reconhecimento do perigo. É preciso envolver e comprometer à todos na construção de soluções técnicas e economicamente, viáveis. Todavia, quem gera o dano, responsável será por eventual
reparação deste dano a outrem.

Legitimados estão os profissionais titulados em matéria de Segurança e Saúde Ocupacional. Reconhecemos, entendemos e aceitamos que a missão de proteger as pessoas é nossa especialidade e compromisso de todos. Para a maioria somos “uns idiotas”. Pra outros, talvez, “loucos”.
A verdade é que nenhum acidente ocorre por acaso; Ele só ocorre onde a prevenção falha!!! Loucos ou não, pagamos o preço que nossa missão exige, afinal….
A vida, à saúde e a integridade física do trabalhador no exercício do trabalho, não tem preço! Tem é Valor!

Então lembre-se sempre: O Acidente de trabalho adoece, mutila e mata. Cúmplice hoje, Vítima amanhã!

Os artigos reproduzidos neste blog refletem única e exclusivamente a opinião e análise de seus autores. Não se trata de conteúdo produzido pela RSData, não representando, desta forma, a opinião legal da empresa.

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter:

Pular para o conteúdo