O que significa a sigla SSO?

NR 4

SSO, na área da Segurança do Trabalho, é a sigla para Segurança e Saúde Ocupacional, introduzida fortemente com a nova redação da NR-01, que relaciona muito o PGR (Programa de Gerenciamento de Riscos) ao PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), integrando e interligando ainda mais as áreas da Engenharia e Medicina Ocupacional. Vamos entender um pouco mais sobre a SSO e a Solução que ela apresenta?

SOLUÇÃO EM SSO – RECONHECER E TRATAR PROBLEMAS

Em qualquer atividade humana ou método aplicável, o primeiro grande passo para a solução de um problema está no reconhecer/admitir que o mesmo existe. Se não reconhece, não mede. Se não mede, não gerencia. Pela “ignorância”, solucionado está!

Evidentemente que a vida passa, a fila anda, o cliente migra e os negócios padecem. Somatizar ou acumular “efeitos adversos”, não soluciona problemas; apenas potencializa danos!

No campo da Gestão (estrutura teórica descritiva) e do Gerenciamento (Ação, execução do modelo teórico) de riscos ocupacionais acumulamos inúmeras derrotas. A culpa sempre atribuída ao nosso atraso, falta de cultura prevencionista e, por vezes, legislação ultrapassada. Nunca a preocupação, via de regra, permeou os processos, as ferramentas aplicadas ou até mesmo a famosa dupla do Simples e o Simplório! Sim, na ânsia de simplificar, a interpretação extensiva ao requisito legal, violentou a LEI, e tornou simplório (ingênuo, tolo) a execução dos processos de controle de riscos e, com a anuência de todas as partes envolvidas.

Em nova tentativa, abre-se um ciclo diferenciado. Pareados pelo moderno instrumento de Gestão e Gerenciamento de riscos ocupacionais – ISO 45001, com elevados padrões de qualidade rumo a excelência (melhoria contínua) a nossa nova NR 1 (Portaria 6730:2020), após inúmeras pressões por interesses diversos da SSO, e adiamentos sistemáticos, vige um moderno ciclo de oportunidades e de avanços na proteção, prevenção e controle de riscos ocupacionais.

Todavia, perduram resistências. É possível perceber que permanece a tentativa de destruir os elevados padrões de qualidade apresentados pela Norma Internacional, sejam por interpretações equivocadas, extensivas, intencionais ou até mesmo, por interesses estranhos ao propósito normativo cujo foco inovador está alicerçado na Gestão, Gerenciamento e melhoria contínua. Na Liderança e na participação do trabalhador.

Admitir, aceitar e reconhecer o perigo na atividade Ocupacional, segundo os modernos conceitos e requisitos legais. Classificar este perigo (eliminar/neutralizar de imediato, ou tratá-lo). Inventariar os riscos pertinentes a este perigo reconhecido para planejar, executar, medir (metas SMART:  Específica/Mensurável/Atingível/Realista/Temporal), e avaliar demonstrativos de desempenho é o que se espera de todas as Organizações e dos profissionais envolvidos.

Compromisso com resultados/desempenhos favoráveis de SSO e, que ao final possa assegurar uma evolução permanente; não apenas mudança, mas evolução com crescimento  sistemático em que seja garantido Segurança e Saúde Ocupacional / SSO +, MELHOR E PARA TODOS!

PEDRO VALDIR PEREIRA
Safety Technician-Ergonomics, Occupational hygienist, Health and Safety /Reg. MTb. 45/00069-2 Formação Profissional Coaching Gerencial; Técnico Internacional em Emergências Químicas – Especialista em Atendimento de Emergências – NFPA 472 U.S.A;
HazMat Technician Standard for Professional Competence of Responders to Hazardous Materials Incidents – Technician Level – transportation technology center, University of Texas at Austin – inc. USA; Instrutor Credenciado CMBM / CBM RS REG. N° 000.185 / 2011, N° 0.379 / 2013, 551/2015, 733/2017, 078/2019; Juiz do Tribunal de Mediação e Arbitragem do RS / TMA RS – Matrícula TMA/RS 1328;
Consultor Técnico – Defesa Civil RS; Membro da Cruz Vermelha Internacional – Vale do Taquari; Delegado Eleito para representar o RS na Conferência Nacional de Defesa Civil – Brasília em NOV 2014;
Instrutor, Professor, Comunicador, Palestrante, Coordenador de SST, Consultor Técnico em SST.

Os artigos reproduzidos neste blog refletem única e exclusivamente a opinião e análise de seus autores. Não se trata de conteúdo produzido pela RSData, não representando, desta forma, a opinião legal da empresa.

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter:

Pular para o conteúdo