ESOCIAL: COMO EVITAR ERROS DE INCONSISTÊNCIAS DE INFORMAÇÕES ENTRE FOLHA E SST

O eSocial passou por um processo de simplificação importante, tendo ocorrido exclusão de eventos e de campos, causando uma diminuição do volume de informações obrigatórias para envio.

Com isso, algumas empresas e órgãos públicos têm dúvidas quanto às regras e adequações, especialmente no que tange às possíveis inconsistências e multas.

No artigo de hoje, abordaremos como evitar erros de inconsistências de informações entre folha e SST.

Fique atento para evitar equívocos

As empresas precisam se adequar aos novos efeitos sofridos com a simplificação do eSocial como, por exemplo, o cruzamento de dados.

Isso porque todos os dados referentes ao departamento de SST devem estar em um único ambiente. Como o setor de SST gera contribuições na folha de pagamento, todo cuidado é pouco. Afinal, os órgãos governamentais têm acesso irrestrito aos dados, o que facilita a identificação de algum desvio e, consequentemente, a aplicação de multas.

É importante ressaltar que não há como atender aos requisitos exigidos pelo novo sistema de envio de informações de SST da forma como era feito no passado. Há uma nova realidade e as empresas precisam se adequar a ela com urgência.

Com isso, mais cuidado é necessário no preenchimento dos dados, pois o ambiente é unificado e uma eventual irregularidade pode ser detectada de modo muito rápido, incorrendo em aplicações de multas.

A importância da gestão para evitar erros de inconsistências de informações entre folha e SST

O uso de ferramentas tecnológicas entrega uma segurança fundamental para o profissional de SST. Hoje é possível, por meio de softwares abrangentes de gestão de SST, centralizar em um único lugar o acompanhamento das normas, gestão de normas e riscos, controle de visitas técnicas, tarefas e itens como extintores, LTCAT, CAT, PPRA, PGR, entre outros.

Além de ter tudo isso em um único lugar, é possível contar com uma inteligência de apoio para este trabalho, emitindo relatórios que ajudam a perceber os pontos fortes e os que podem ainda ser melhorados para a gestão de SST. 

Dados como exames, agenda médica, vida laboral dos colaboradores, ruído no ambiente de trabalho, e muitos outros, podem ser todos levados em análise, ajudando na tomada de decisão para melhoria das condições de segurança no trabalho.

Leia sobre os 3 Principais Objetivos Da Gestão De SST No eSocial simplificado no nosso blog. Acesse o nosso site e veja como podemos gerir os documentos da sua empresa e evitar multas e inconsistências.

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter: