DICAS PARA SER UM EXCELENTE PROFISSIONAL DE SST

O profissional de Segurança do Trabalho é o responsável por garantir a saúde e a segurança dos colaboradores de uma empresa, trabalhando com afinco para evitar lesões e acidentes, manter o ambiente seguro e saudável, analisando riscos, orientando equipes, organizando treinamentos, inspeções, entre outras ações.

Porém, para isso, esse profissional também deve estar atualizado e acompanhando as mudanças e transformações do mercado. Afinal, em um processo de gestão de SST as organizações não precisam somente de profissionais com qualificações e capacidade técnica, pois isso é o básico.

Atualmente, precisamos de profissionais com atitude, pensamento crítico e capacidade de reaprender. É sobre isso que o artigo de hoje vai falar.

A falta de entendimento e objetivos limitam e desanimam o profissional

Talvez essa falta de entendimento claro dos objetivos leve a “profissionais” que realizam somente o que lhe é solicitado sem se preocupar do “por que” está realizando aquilo, ou seja, não tem um senso crítico sobre as atividades que realiza e quando é perguntado:

Por que está realizando determinada ação? Por que está elaborando um programa ou procedimento? Simplesmente responde: “É porque o cliente pediu!”. Será isso que as organizações esperam de um profissional?

Pode até ser que algumas empresas pensam assim, mas são empresas que ainda não possuem a gestão de SST como um fator relevante nas suas estratégias de mercado e tendem a ficar estagnadas ou até mesmo ter o encerramento de suas atividades em algum momento não muito distante, caso não mudem sua estratégia.

Conheça a organização para uma visão sistêmica

Qualquer organização é um organismo vivo e que tem suas características próprias, seus pontos fortes e fracos. Podem ser um recém-nascido, ou seja, uma empresa nova com muita tecnologia ou uma senhora já idosa, com equipamentos de baixa tecnologia e processos mais manuais.

Portanto, você realmente precisa conhecê-la um pouco melhor antes de começar a propor ações e mudanças. Até porque uma mudança pode ser positiva ou negativa é preciso analisar o seu impacto ao longo do tempo.

Procure saber mais sobre o seu ramo de atuação, entenda o negócio, pergunte sobre seus clientes, produtos e serviços, entenda fluxo produtivo, atividades realizadas, principais dores ou desafios, fluxograma de produção, organograma e cultura.

Com isso você terá uma visão sistêmica deste novo ambiente.

Conheça os donos dos processos

Ou seja, procure conhecer quem são as pessoas responsáveis pelos processos e tomadoras de decisão. Quem cuida de qual setor e quem pode auxiliar com informações.

Ex: Gerente de RH, Supervisor de Produção, Gerente de Compras, Encarregado de Manutenção Elétrica, Civil e Mecânica. Pode ter certeza, de que você vai precisar deles em breve.

Conheça os riscos, entenda verdadeiramente do assunto

Os riscos não vão bater na porta da sua sala, mas as consequências podem bater.

Porque se você não conhecer a origem dos riscos presentes da empresa, você não vai saber fazer um gerenciamento correto.

Logo no início solicite alguém para fazer com você um tour pela empresa. Leve um caderno ou uma prancheta, fotografe o que achar importante.

Conheça todos os setores: da portaria à expedição. Não esqueça de conversar com os trabalhadores, faça perguntas objetivas e não deixe de conversar com o pessoal da manutenção. Geralmente eles conhecem melhor a empresa que a maioria dos trabalhadores.

Observe se existem ações que precisam ser executadas de imediato, pontos que precisam de melhoria, veja os equipamentos que estão sendo utilizados, você poderá observar, por exemplo que um EPI não está adequado, ou que não estão utilizados ou que não estão sendo trocados  e se existem condições de risco grave iminente.

Faça cursos o tempo todo, atualize-se com a RSData

A RSData oferece todos os tipos de cursos para profissionais e empresas que desejam alavancar a carreira.

Acesse e saiba como se inscrever: plataforma de cursos EAD

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter:

Pular para o conteúdo