CTPP – Cronograma de atividades a toque de caixas Parte 02

ctpp-a-toque-de-caixas-02

A Comissão Tripartite Paritária Permanente (CTPP) 2021

Um modelo instituído há 24 anos atrás cuja estrutura, modus operandis, mentes, ideias e pseudo representatividade continuam as mesmas. Um modelo fracassado, que deixou de “entender” e de “atender” as necessidades e expectativas dentro dos mais variados segmentos produtivos de nosso país.

Um valor tão expressivo, importante, relevante e indispensável a sustentabilidade de qualquer negócio no mundo – A Segurança e a Saúde Ocupacional de quem produz, fica restrito e alinhado as mesmices de sempre. Esgotados e limitados olhares, sempre dissociados do campo pragmático, onde é necessário inovar, evoluir e gerar resultados para todos. Desprezam a grande massa pensante de profissionais de SSO, que surgem e se renovam a cada dia no campo prático. Com soluções diferenciadas, simples e desburocratizadas. Vamos repetir o mesmo ciclo restrito com essa meia dúzia de “jurássicos” que ditam regras a mais de 40 anos sem evolução necessária? O País que a gente quer e necessita, a gente tem que construir!

O Brasil precisa ter o seu próprio modelo. Simples, desburocratizado e exequível por qualquer tipo de organização Brasileira, sem distinção. Para as maiores, acreditadas, certificadas e que desenvolvem a gestão pela qualidade com foco em resultados e na melhoria contínua, não existem nenhum impeditivo para continuar assim desde que, obviamente, o requisito legal seja atendido. Padrões de alta complexidade, teóricos, burocráticos, pesados, robustos cuja relação custo-benefício se comprove, por vezes desprezíveis não pode ser condicionante obrigatória. Outro aspecto fundamental é o princípio da equidade, ou seja, requisitos mínimos de proteção e prevenção (melhoria contínua…) dever ser exigido de igual forma para todos.

Deixar de estar debruçado em modelos matemáticos de sucesso em economias pujantes, povo culto, civilizado, com empresas responsáveis e cumpridores de leis. Onde existem judiciários severos no combate a desvios e penalizações exemplares que inibem o “jeitinho” ou a apropriação indevida do que não lhes pertencem – especialmente o “Direito de outrem”.

Antes de se obter o benefício para todos, é preciso desejar o benefício para todos. É necessário garantias de ter acesso ao Direito de ter acesso ao Direito de ter Direitos!

O modelo construtivo continuado, especialmente a CTPP (de nobre objetivo; mas de representatividade / agilidade / simplificação e resultados questionáveis) resta comprovado ineficaz.

Modelitos milagreiros e salvadores de pátrias, com as mesmas mentes e modus operandis de fracassados projetos para a SSO. Essa gente passou e não deu certo! O jogo precisa mudar e todos vencerem.

Chega de engodo*.

\"RSData

*Os artigos reproduzidos neste blog refletem única e exclusivamente a opinião e análise de seus autores. Não se trata de conteúdo produzido pela RSData, não representando, desta forma, a opinião legal da empresa.

Você vai gostar de ler também:

CTPP – Cronograma de atividades a toque de caixas Parte 01

Proficiência: A enganação exercida por muitos!

A hora é agora: Planejamento Estratégico para a sua organização!

 

Gostou? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Ficaremos felizes em lê-lo.

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter: