Como eu sei que o meu termômetro de globo está estabilizado?

Basta aguardar 20 ou 25 minutos que o termômetro está estabilizado, pronto é assim.

Se você pensa desta forma, sinto te informar que você está completamente errado!!!!

Você deve estar se perguntando, mas como assim Thiago, sempre fiz a estabilização do meu termômetro desta forma e agora você diz que está errado.

É isso mesmo meu/minha amigo(a).

Muita gente se confunde pois a NHO 06 no item 8.2 na Nota de Rodapé Nº 5, fala que o termômetro deve estabilizar em NO MÁXIMO 25 minutos, não é em 25 minutos é NO MÁXIMO, ou seja, ele pode estabilizar com menos de 25 minutos.

Agora, como eu sei que o termômetro está estabilizado então, com menos tempo de 25 minutos?

Não é difícil pessoal, o que é difícil é eu conseguir te explicar só escrevendo, (hehehe).

Segundo a NHO 06, a cada 1 minuto, você deve anotar os resultados de TBS, TBN e TG, recomendo que anote em um papel rascunho, a mão mesmo e a caneta e detalhe, esta anotação é realizada em campo, não é no escritório não e é durante a avaliação de calor, este procedimento faz parte da avaliação em campo.

Depois que você tiver 5 anotações, 1 por minuto, você deverá pegar o maior resultado de TBS e subtrair pelo menor resultado de TBS, depois o maior de TBN e subtrair pelo menor de TBN, depois o maior de TG menos o menor de TG, o resultado de cada subtração não pode ser maior que 0,4ºC, se for maior que 0,4ºC este termômetro não estabilizou, se for menor, o termômetro está estabilizado.

Se o termômetro não estabilizou você deve fazer mais uma leitura e fazer o mesmo cálculo, levando em consideração apenas as últimas 5 leituras, lembrando que, cada leitura deve ser espaçada em 1 minuto cada uma entre elas.

O problema é, e se passado os 25 minutos e o termômetro não estabilizou? O que fazer neste caso? Bom, este é tema de um próximo Artigo ou Vídeo (hehe). Se a curiosidade for muito grande, no meu curso de Calor tem uma aula ensinando o que fazer neste caso.

E aí, gostou do conteúdo? Não se esqueça de me seguir nas minhas redes sociais, temos muitos outros conteúdos por lá.

Forte abraço.

Os artigos reproduzidos neste blog refletem única e exclusivamente a opinião e análise de seus autores. Não se trata de conteúdo produzido pela RSData, não representando, desta forma, a opinião legal da empresa.

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter:

Pular para o conteúdo