A verdadeira LIDERANÇA para a MATURIDADE de SSO

No campo esportivo o futebol é, tradicionalmente, o maior laboratório de relacionamento interpessoal e de desenvolvimento de Lideranças em todo o mundo. Os maiores “times” – aqueles que mobilizam bilhões de dólares e de pessoas/consumidores em torno de seu negócio, sabem muito bem a importância da “LIDERANÇA”.

A preparação e a capacitação de pessoas nas diversas atividades/ocupações do negócio têm muito profissionalismo e planejamento. Bilhões de pessoas pelo mundo são ávidos consumidores da arte com os pés, das estruturas e mecanismos que despertam verdadeiras paixões, pelas cores, pela bandeira, pela camisa, pelo escudo símbolo orgulhosamente ancorado pela paixão. Todavia, dentro desta estrutura toda profissionalizada, convivem os “artistas da bola”, relíquias e talentos humanos garimpados e disputados a peso de ouro (muito bem pagos pelo que entregam) – O Jogadores.

Desde muito cedo, já nas categorias de base são exaustivamente preparados para a Glória e para a resiliência. Sim, pois é uma atividade/ocupação de alto rendimento. Precisam ser colaborativos, pois é jogo de equipe (Time) onde cada um, inclusive a suplência, é muito bem-preparada para o enfrentamento, para a competição. Desde cedo, desenvolve percepção aguçada para toda e qualquer ameaça e, rapidamente precisam tomar decisões e executá-las com êxito.

A sua carreira, dinheiro – muito dinheiro, fama e sucesso dependem desta qualidade e competência. Dentre eles germinam vários estilos de liderança, todos com muita força física e mental. Mesmo assim, sozinhos não conseguem perceber ameaças ou tendências e responder entregando mais e melhor a cada movimento do oponente ou concorrente do time adversário. É a presença de um comando único, pensador, estrategista, sensível e provido de capacidade ímpar para GERENCIAR PESSOAS.

O Time só anda, avante a faz sucesso com a conquista dos objetivos coletivos, quando cada uma das peças entende perfeitamente a importância de seu papel nesta engrenagem coletiva. Para que o resultado desta Organização se materialize, inúmeras são as condicionantes para as estrelas do espetáculo. O PÚBLICO CONSUMIDOR É ATRAÍDO PELA EFICIÊNCIA, PELA EFICÁCIA, PELO DOMÍNIO E PELA QUALIDADE DO QUE LHE É OFERTADO E, ENTREGUE. Um sonho que precisa se tornar tangível.

Assim como dentro das Organizações de sucesso, ocorre nos esportes de alto rendimento. O gerenciamento de pessoas e desenvolvimento de talentos humanos está direta e proporcionalmente vinculada a capacidade de gerenciar pessoas. É com as pessoas, para as pessoas e pelas pessoas que se faz toda a razão da existência deste negócio. Os jogadores de igual forma como todos os demais empregados de uma organização, percebem muito rapidamente se aquela liderança institucional vai conseguir conduzi-los ou não ao sucesso, a realização. A perceberem ausência de qualidades, fraqueza mental, conhecimento ou expertise necessária ao comando, de imediato e veladamente inicia a detonação do “vestiário”. O DREAM TEAM só acontecerá se houver “Coomando”.

Líder não existe. O que existe é a Liderança. A Liderança flutua dentro do coomando de acordo com as habilidades e competências necessárias para a tomada de decisão assertiva, gerando benefícios para todos dentro da equipe. A Liderança exige domínio / proficiência / Expertise. Portanto ela flutua dentro da equipe de acordo com as circunstâncias e/ou necessidades. Você está preparado para liderar? Coomandar, dividir o mando sem perder a importância para os seus comandados?

LIDERAR PESSOAS: Você sabe Liderar? Mesmo? Saber como liderar é a arte de coomandar pessoas (dividir o mando com as pessoas), atrair e influenciá-las positivamente. Liderar é respeitar, criar um laço de confiança, de credibilidade com os comandados. E, para isso, não há a necessidade de usar seu cargo para intimidar e mandar. Ao contrário, a principal características dos grandes líderes é a sensibilidade / percepção e a capacidade de comunicação positiva.

As competências, que parecem subjetivas e abstratas, estão intimamente ligadas a resultados. … “O verdadeiro líder precisa inspirar, desafiar e motivar a equipe permanentemente a realizar seu potencial máximo, gerar confiança a ponto de se tornar um elo indispensável entre todos os comandados (inglês leader). Liderar é inspirar a equipe a acreditar, confiar, crescer e agir por conta própria – desenvolver talentos e potenciais humanos.

Empreendedores e gestores muitas vezes são definidos como líderes e vice-versa. Na verdade, nem todo empreendedor ou gestor tem na liderança a sua principal virtude. Assim como no futebol, o jogador ou empregado, percebe rapidamente em poucas horas ou dias, se aquelas ideias ou estilo de condução vai gerar resultados benéficos (ninguém nasce para perder, ou ser infeliz; precisa-se de liderança que entenda e que atenda necessidades e expectativas da equipe). Então ela (equipe) fará os resultados, bons ou ruins, e de acordo com este comando.

Mas aqueles que conhecem e sabem exercer a liderança sobre uma equipe conseguem montar um time também de estimular empreendedores, multiplicando os talentos por toda a organização. Liderar não é chefiar, mandar fazer ou dizer o que está errado. Liderar pelo exemplo (no front, na frente, a mostrar caminhos) é inspirar a equipe a crescer e agir por conta própria até se sentir segura e poder decidir o que deve ser feito na Organização. O líder é aquele que vislumbra um dia não ser mais não ser mais necessário à sua presença física para acontecer. Restará a inspiração pelo exemplo e pelo sucesso da transformação.

Portanto, cabe ao Líder a missão de exercer influência sobre o comportamento, o pensamento ou opinião dos comandos. Dar direção, caminhos, gerar confiança, disposição e respeito entre todos para a consecução do objetivo comum – o sucesso é um resultado compartilhado por todos.

A Maturidade em Segurança e Saúde Ocupacional passa, necessariamente pela capacidade do profissional em liderar. Preparo, capacidade técnica e comunicação clara, precisa e objetiva são indispensáveis. A evolução e a maturidade em SSO passa pelo convencimento. Somente convencido sobre os ganhos ou eventuais perdas que podem ser evitadas, é que o indivíduo muda o seu comportamento em busca de uma proposta favorável. Portanto, é visceral, é sanguíneo, brota de uma necessidade humana, do convencimento robusto a percepção de que é preciso modificar o comportamento para obtenção de resultados diferentes do já dado. Logo, convença! Mas nunca esqueça: Palavras convencem; exemplos arrastam.

Para alcançar o alvo (Target), para uma melhor reflexão, deixamos aqui pelo menos cinco (05) maneiras de liderar sua Equipe (empregador e trabalhador) de forma mais eficaz:

  • Crie um ambiente de liderança (respeito, confiança e co-participação);
  • Faça a equipe se sentir segura, acreditada;
  • Gerencie ativamente através de mudanças adaptativas;
  • Seja um servo para o seu time (o racional segue o exemplo; não a palavra);
  • Sempre coma por último (a proteção e o bem-estar de seus comandados sempre em 1º lugar);

Poucos são os preparados para comandar pessoas.

RSData software de sst

Os artigos reproduzidos neste blog refletem única e exclusivamente a opinião e análise de seus autores. Não se trata de conteúdo produzido pela RSData, não representando, desta forma, a opinião legal da empresa.

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter: