5 dúvidas sobre CIPA e a profissão de Cipeiro

5 dúvidas sobre CIPA e a profissão de Cipeiro

O que acontece se não tiver CIPA?

Se a CIPA é uma obrigação legal, a empresa é passível de punições ao não criá-la quando for necessário. A multa está descrita na Norma Regulamentadora 28 (NR 28), que determina o valor de acordo com o item da norma descumprido, o índice da infração (1 a 4) e o número de empregados da empresa.

Se observarmos o Anexo II da NR 28, vemos que a multa para esse tipo de infração é de nível 4, o que representa passíveis de R$ 2.396,35 a R$ 6.708,09, dependendo do número de funcionários da empresa.

Se descumprir a obrigatoriedade de indicador um membro designado, quando este for o caso, a empresa poderá pagar multa no valor de R$ 1.200,30 a R$ 3.494,50, também de acordo com o número de empregados.

Qual é o valor da multa por demitir cipeiro?

Antes de mais nada, é preciso ter em mente que é proibida a dispensa arbitrária ou sem justa causa do empregado eleito para cargo de direção de Comissões Internas de Prevenção de Acidentes desde o registro de sua candidatura com um Software Integrado de Gestão Ocupacional até um ano após o final de seu mandato.

Sobre a multa, essa varia de caso para caso. Porém, o empregado pode entrar com uma ação trabalhista pedindo a reintegração ou, em caso de animosidade com a empresa, o pagamento dessa indenização a ser definida pelo juiz.

Sou suplente da CIPA e fui mandado embora?

O trabalhador que for dispensado enquanto ainda é membro suplente da CIPA pode requerer seus direitos, visto que a lei lhe dá estabilidade provisória até a data do encerramento da obra.

Vale ressaltar que a garantia de emprego começa no ato da candidatura. Se o candidato for eleito na CIPA pelos trabalhadores a estabilidade continua (um ano durante o mandato e um ano após ele). Caso contrário, termina logo após a apuração dos votos e lavratura da Ata de Eleição.

Quais as vantagens de ser um membro da CIPA?

Uma das principais vantagens na profissão de cipeiro é a estabilidade do cargo, já que o integrante da CIPA eleito pelo trabalhador não pode ser demitido do registro da candidatura à participante da Comissão até um ano após o término do mandato, conforme já explicamos anteriormente.

Além disso, o cipeiro é um profissional conceituado, visto que exerce uma atividade fundamental para o quadro de funcionários: a segurança e saúde dos mesmos.

Quem tem direito à estabilidade na CIPA?

A interpretação do dispositivo da Constituição Federal que trata da estabilidade no emprego para diretores da Comissão Interna de Prevenção e Acidentes (Cipa) deve ser seguido à risca, ou seja, não pode ser interpretado restritivamente. Portanto, a estabilidade se estende a todos os membros da comissão eleitos pelos trabalhadores.

O secretário da CIPA não possui estabilidade, uma vez que este é escolhido pelos próprios membros da comissão, podendo ser um membro da comissão ou um empregado que não componha a CIPA.

Relembrando os objetivos da CIPA

Objetivando a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) visa tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

Para formar a Comissão ocorre um processo eleitoral, onde são escolhidos os representantes da CIPA. O responsável pela convocação das eleições é o empregador, sempre respeitando o prazo mínimo de 60 dias antes que termine o mandato atual.

Saiba tudo sobre a CIPA em curso completo

O Curso CIPA, promovido pela RSData, é presencial em ambiente virtual através de sala de aprendizagem comunitária, módulos e interação direta com o professor. Além disso, também é possível ter assessoria de um ano durante o mandato após o treinamento.

A partir dessa aprendizagem, as empresas ficarão por dentro dos modelos de documentos obrigatórios durante o mandato, rotinas de gerenciamento, plano de ação, análise de desempenho, calendários de reuniões, incluindo preparação para o Mapa de Riscos Ambientais.

Saiba mais aqui.

Categoria

Últimas Postagens

Siga a RSData

Inscreva-se em nossa Newsletter:

Pular para o conteúdo